Gordelícias Indica

Review: testando a AirFyer – fritadeira sem óleo

Brinco dizendo que minha casa está se tornando um espaço repleto de tecnologias, principalmente no que tange à culinária. É processador de última geração, máquina de fazer sorvete, máquina de pão… E agora uma airfryer. Namorei durante muito tempo esse equipamento pois sempre pensava “tá mas eu nem como tanta fritura assim”. Daí eu pensava no tamanho da coisa, onde guardaria, quantas vezes utilizaria o produto, se valeria a pena o investimento. Cheguei a colocar a pobrezinha várias vezes no carrinho de compras virtual, sempre desistindo no último segundo.

Até o dia em que recebi a airfryer de presente de um amigo, para que eu pudesse conhecê-la e dar minha opinião aqui no Gordelícias. Lógico que morri de felicidade e tratei logo de selecionar algumas receitas para experimentar. O modelo utilizado é esse aqui da foto:

Review Airfryer | Gordelícias

AirFryer Premium da Mondial

O que o fabricante promete:

Através da tecnologia de aquecimento do ar mais a circulação rápida no interior do compartimento, a Air Fryer Mondial prepara diversos tipos de receitas, deixando os alimentos mais crocantes, macios e saborosos. E ainda melhor: sem cheiro de fritura e sem fumaça.

A Air Fryer Mondial é fácil de manusear e de limpar, segura e econômica. Tudo isso porque os alimentos são preparados sem óleo e as peças que compõem o produto são removíveis. Além de ter um separador de alimentos que permite fazer mais de uma receita por vez.

Mas e na prática, será que é isso mesmo? Tentei dar uma variada nos alimentos que testei e seguem algumas impressões:

– pastel “frito”: você já fez pastel assado no forno? Ele fica tipo uma empanada, certo? Na airfryer, fica bem parecido porém um pouco mais seco. Me deram o papo de passar um pouco de azeite nele pra deixar mais crocante. Não achei ruim mas passou longe da delícia que é pastel frito. Reprovada.

– nuggets: fazia um bom tempo que não comprava aqueles empanados de frango de caixinha. Peguei um da Sadia, aquele que promete ser mais crocante. Dez minutos de cada lado (você espera o timer avisar e vira os nuggets de lado para dourarem por igual), a 200ºC. Ficam PERFEITOS e nada encharcados, como ficam quando a gente frita. Aprovadíssimo.

Review Airfyer | Gordelícias

– kibinho: no mesmo dia dos nuggets, também rolou kibinho. Comprei uma caixinha da Sadia, que gosto bastante apesar de gordurosos (pequenas indulgências). Achei fantástico o resultado na airfryer. Toda a gordurada que a gente acaba consumindo quando frita acaba ficando de resíduo no fundo do cestinho. Eles saem sequinhos por fora e suculentos por dentro. Aprovada de pé.

Review Airfryer | Gordelícias

– coxinha de frango: acabei não tirando uma foto tão legal no dia, apenas a que postei no Instagram. Temperei as coxinhas como de costume e acomodei cada uma no cestinho da airfryer. Configurei o preparo para 10 minutos de cada lado, a 200ºC. O resultado foi muito bom! Casquinha crocante e macia por dentro. E a gordura acaba ficando depositada no fundo do cesto. Aprovada com louvor!

– batata rústica: no mesmo dia em que fiz os franguinhos, preprei batatas rústicas. Lavei bem as batatas, cortei em cubinhos e temperei com azeite, sal moído na hora e alecrim. Dez minutos com pausa para dar uma mexida nas batatas, a 200ºC. Fiz batata inglesa e doce e ficaram muito deliciosas! Aprovada.

– bolinho de bacalhau: recorri aos bolinhos congelados e postei o resultado no Instagram. Recomendavam tirar um pouco dos cristais de gelo que acabam formando ao redor do alimento. Usei um guardanapo e passei um pouquinho de azeite também. Eles ficaram crocantes porém pálidos e depois que esfriou ficou um horror. Aprovado-reprovado, sabe? Meio lá e meio cá.

.

Alimentos que já possuem algum tipo de gordura, como os congelados que utilizei, ficam mais saborosos. No caso de batatas ou algum outro alimento mais seco, recomenda-se utilizar um pouco de azeite ou óleo para “besuntar” antes do preparo. Queria ter feito pães de queijo mas não consegui a tempo de fechar o post.

Sabe o que é mais legal? Saber que existe um site repleto de receitas e truques para tirar o melhor proveito da sua airfryer. O Maurício Rodrigues produz com muito carinho o maravilhoso Fritadeira Sem Óleo (que também é parceiro aqui do blog). Tem receita de tudo, galera. Doces, salgados, até bolo você faz nessa máquina, tá pensando o que? E pra quem quiser tirar dúvidas, compartilhar experiências e etc, há também um grupo no Facebook onde as pessoas falam praticamente tudo sobre a airfryer.

Meu veredito? Vale muito a pena! Salgadinhos em geral caem muito bem, burger, franguinho, sem deixar a casa com aroma de gordura por uma década. Infelizmente nem todos os quitutes super funcionam ou ficarão iguais aos fritos em fogão convencional (tipo pastelzinho) porém os benefícios são maiores que os malefícios, na minha humilde opinião. E a conta de luz nem vem um absurdo de cara, viu?

Se você tem $$$ para investir nesse aparelho, vai fundo! E delicie-se nas receitinhas que existem por aí!

Raquel Arellano

Fã de cozinha prática e feita com amor. É apaixonada por maionese, pão com ovo e carne assada. Na cozinha, se aventura pelos doces e salgados, com uma leve queda para os açúcares da vida.
Raquel Arellano

Últimos posts por Raquel Arellano (exibir todos)