Mercado Municipal de São Paulo

Aviso e comunico: post grande, rechedo de gostosuras turísticas. Digo que é o clássico turismo gastronômico. Adoro!!! E é feira… adoro feira!! O Mercado Municipal em São Paulo é um lugar excelente para quem é fã dessa prática deliciosa.

Desde 1933, é o ponto gourmet popular da cidade, dá pra passar o dia inteiro: basta ter disposição, fome e paciência com aquele montão de gente andando na diagonal pra lá e pra cá. Tirando isso, é pra sair feliz e de barriga cheia, só das provinhas e gostosuras do lugar. Então, se você curte fuxicar, lá é parada obrigatória. Tem çougue, avícola, peixarias, empório, frutas, laticínios, lanchonetes entre outros. Ou seja: perdição.

A primeira parada foi numa das clássicas barracas de frutas. Além de muita cor e muita vontade de levar tudo, você também encontra frutas super exóticas, como é o caso do Mangostin. Quando eu fui, agora na Páscoa, o quilo da iguaria estava pela suculenta bagatela de R$129,00… (suculenta… ou não!). Essa frutinha esquisita teve a aprovação da Rainha Vitória no século XIX e desde então é conhecida como “a fruta da rainha”.

Também provamos uma coisinha chamada Pitaya, comum na Colômbia e Bolívia. Fruto de um tipo de cactus, também chamam a pobrezinha de “fruta-dragão” ou “flor-da-lua”, porquê a planta só floresce a noite. Discovery Channel’s a parte, gostosinha, vale a pena provar, mas não vale pagar. Essa também foi salgada no bolso! P.s.: A tal da Pitaya rosa é um arraso!!!! 😉 #todascomemora

Além das colorices das frutas do mercado, a grande atração do dia foi o famoso “lanche de mortadela”, no bom e velho paulistês. Estava com o namorado e, famintos que somos, pedimos logo 2 sanduíches e mais 2 pastéis (os famosos de bacalhau e paulista). Resultado? O almoço virou janta foi embalado pra viagem, degustado horas depois no hotel pois não havia a MENOR condição de comer todo o absurdo que pedimos de uma só vez. Ainda assim, foi delícioso. A mortadela é farta, o pão é só pra ter onde segurar… como boa fã de mortadela, me esbaldei!!!

Achei o pastel paulista mais gostoso do que o de bacalhau. Ainda assim, o último é super farto… eu bem acho que tinha uma posta inteira ali dentro… combinou com o clima da Páscoa, praticamente uma bacalhoada, com direito a cebola, azeitonas e tudo mais. Alias, pelo passeio no mercado o que mais encontramos foram lindas postas de bacalhau sendo vendidas, sorte a dos paulistas! Pra acompanhar os dois pastel… 2 chops é claro! 😉

Mas isso é o que foi consumido por lá.
Vou ter que fazer o “Mercado Municipal II”, para compartilhar os acepipes adquiridos!
Quem viver verá, pá pá rá pá pá…

Postagem por Lisa Akerman.

What's your reaction?