Conversinhas

Evento em São Paulo promove Chás Indianos no Brasil

Acreditando na tendência de consumo dentro do mercado brasileiro, o chá é um produto que fez a Índia investir mais no Brasil. O crescimento por aqui é perceptível, tanto que até pouco tempo, a maior ingestão da bebida era feita pela compra de sachês em supermercados e lojas. Atualmente, casas de chás e outros estabelecimentos investem na sua versatilidade.

Estrategicamente mirando esse segmento, o Consulado Geral da Índia em São Paulo e o Tea Board of India, entidade ligada ao Ministério do Comércio e Indústria indiano, organizarão, na capital paulista, o evento Indian Tea – “A Cup for Every Mood” em 22 de fevereiro de 2018, com o intuito de apresentar detalhes sobre oportunidades do mercado de chás. Durante o encontro serão apresentadas informações sobre o plantio, cultivo e a produção dos principais chás: Darjeeling, Assam, Nilgiri, Kangra, Munnar, Dooars-Terai e Masala Tea. Alguns deles serão servidos para fins de degustação.Evento em São Paulo promove Chás Indianos no Brasil | Acesse: http://gordelicias.biz/

A iniciativa conta com o apoio institucional da Câmara de Comércio Brasil Índia e a co-organização da AdvantageBRICS Consultoria. Aproximadamente 50 convidados entre compradores, importadores, proprietários de casas de chá e formadores de opinião são esperados para participar do roadshow a ser realizado no Tulsi Indian Cuisine, no bairro do Brooklin, para conhecerem as novidades e oportunidades comerciais.

Uma pesquisa da Associação Paulista de Supermercados afirma que, no universo de bebidas, a tendência é a busca por uma vida mais saudável no consumo de líquidos e, por isso, os brasileiros declararam que estão consumindo mais chá, chá gelado e bebidas energéticas. Entre os principais consumidores de chá no mundo estão: Turquia, Irã, Marrocos, Uzbequistão e Nova Zelândia. O Reino Unido, conhecido por ser um dos maiores apreciadores da bebida, aparece em 13º no ranking. E o Brasil na posição 77.

Mesmo com uma posição distante, o mercado nacional ainda é considerado um dos mais importantes para exportação do chá preto indiano, segundo dados do Tea Board of India. As importações brasileiras de chá indiano dobraram entre 2015 e 2016, período em que a produção de chá na Índia cresceu 2,5%.

Evento em São Paulo promove Chás Indianos no Brasil | Acesse: http://gordelicias.biz/

Entrando no tema sobre as especificidades da bebida, altitude e umidade são as duas variáveis que determinam o crescimento da planta. Cresce a partir de uma altitude de poucos metros acima do nível do mar até algumas mais frias de aproximadamente até 2000 metros. A qualidade do chá aumenta com a altitude mais elevada. Os chás pretos indianos mais famosos são produzidos em três áreas principais: Darjeeling, no Norte; Assam, no Nordeste; e Nilgiri, no Sul. Cada sabor tem sua própria história e característica.

A grande diversidade de folhas, flores e raízes usadas para fazer diferentes tipos de chá tem chamado cada vez mais atenção pela riqueza de nutrientes que podem influenciar. Digestivos, energizantes, detox, isotônicos, emagrecedores, antioxidantes, entre outros compõem a extensa e variada lista de chás indianos consumidos no país e  exportados ao exterior.

Felipe Andrade

Felipe Andrade

Bibliotecário, apreciador de cervejas, boas comidas e conversas. DJ, amante e pesquisador de músicas.
Felipe Andrade