Bares e Restaurantes, Gordelícias Indica, Viagem

Conhecendo o Grand Mercure Rio de Janeiro e Í Bistrô

Você pode até achar que é exagero quando escuta aquele parente mais velho dizer que o tempo está voando. Mas diga aí se não é verdade? Estamos praticamente em maio, logo mais, logo menos, Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro. Que vive aqui sabe como a cidade se tornou um grande canteiro de obras para receber as Olimpíadas. E uma das regiões que mais “sofreu” com essa preparação foi a Zona Oeste. Ali estão concentrados espaços de entretenimento como o Riocentro, a Cidade da Música e boa parte do Parque Olímpico. Diversos condomínios foram construídos nos arredores bem como hoteis. Um deles é o Grand Mercure Rio de Janeiro, que traz elementos inspirados no Brasil tanto na arquitetura, design quanto na cozinha de seu restaurante.

Inaugurado em junho de 2015, com investimento da GL events no Brasil e administrado pela Accor Hotels, o empreendimento é o mais novo cinco estrelas da região – localizado em frente à Lagoa de Jacarepaguá, cercado pelo Maciço da Pedra Branca e a poucos minutos das praias da Barra e Recreio. O hotel faz parte do Riocentro, maior centro de convenções do país e foi construído para atender os milhares de organizadores, expositores e visitantes das feiras e shows que acontecem nos arredores durante o ano todo.

Estive no hotel há algumas semanas a convite da assessoria e tive a oportunidade de avaliar tanto o serviço de hospitalidade quanto a cozinha do hotel. Minha suíte tinha uma vista muito bonita (quem me segue no Snapchat viu até meu “tour blogueiro” pelo quarto). O quarto era espaçoso, confortável (tem coisa mais gostosa que hotel com cheirinho de novo?) e com aquelas camas que te abraçam na hora de dormir. Apesar de ser distante dos pontos turísticos da cidade (o que considero um ponto negativo visto que os deslocamentos estão levando mais tempo que de costume), a localização é perfeita se você está com compromissos pela vizinhança.

a vista do meu quarto

grand-mercure13

brigadeiro de capim limão desejando uma ótima estada

Ao todo são 300 quartos e seis suítes, um rooftop com piscina e vista panorâmica exclusiva do Rio, club fitness, saunas seca a vapor e muito mais. O projeto arquitetônico do hotel é assinado pelo francês Jean Michel Wilmotte, que tem em seu portfólio grandes obras como o Palais de la Mutualité, em Paris, Allianz Riviera, em Nice (França) e o Nuova Gestione Sportiva, o novo prédio da Ferrari, em Maranello-Fiorano (Itália).

grand-mercure1 grand-mercure3 grand-mercure2

pegando um bronze… só que não

Pra quem viaja com a família, é possível contratar serviço de babá, podendo utilizar o espaço infantil para recreação. O shopping mais próximo fica a 15 minutos (há transfer do hotel para o Shopping Metropolitano). Quem quiser esticar, pode passar o dia nas praias da região. Todos os quartos contam com wi-fi e pacotes premium de TV a cabo (com todos aqueles canais de filmes que a gente tanto ama). Já para os locais: o restaurante serve feijoada todos os domingos, além de oferecer day use (a piscina do terraço é MARAVILHOSA, além da sauna #ficadica).

Aproveitei a academia do hotel pra colocar a corrida em dia. Esteiras novas, televisão, água e frutas a vontade. Pra quem se animar, ainda rola uma sauna.

 

Com suas paredes de vidro, o lobby do Grand Mercure fica iluminado pelo sol durante quase todo o dia e revela os móveis assinados pelo designer Paulo Alves, que mistura o rústico e o moderno em seu trabalho, e um mosaico de azulejos exclusivo feito pelo MUDA, coletivo carioca que possui painéis coloridos e de todos os tamanhos espalhados pela cidade. Fiz até uma fotinho “look do dia” na frente desse painel, olha só como é lindo:

A photo posted by raquel arellano (@hackelz) on

É neste mesmo ambiente que também fica o Bar do Lobby, com um ar despojado, mas ao mesmo tempo clássico. Perfeito pra tomar um drink ou fazer hora enquanto seu táxi não chega. Nos corredores e também nos quartos estão expostas fotografias do Rio clicadas por Bruno Veiga (e seus belos registros da Cidade Maravilhosa).

Agora vamos falar de comida, que isso é coisa boa! Há dois restaurantes no hotel, o brisa RestôÍ Bistrô. No primeiro, é servido o café da manhã e aos fins de semana a tradicional feijoada. Já o segundo, localizado no terraço do hotel e tem seu cardápio assinado pela premiada chef Morena Leite (com execução supervisionada pelo chef Vico Crocco). A inspiração para os pratos são os cinco biomas brasileiros: mar, montanha, floresta, sertão e cerrado. Pedro e eu pedimos pratos diferentes pra poder fotografar aqui pro Gordelícias. Tentamos nos manter nos biomas mas acabou rolando uma “mistureba”.

na ordem: couvert • bolinho de feijoada com couve e costelinha • mignon de cordeiro com shiitake, rosti de baroa e farofa de maçã • costela confit com purê de macaxeira • bala de coco com baba de moça • brulée de jaca com sorbet de jabuticaba

O menu funciona da seguinte maneira (dados de abril/2016): você pode pedir o menu degustação surpresa (R$ 280,00) ou montar o seu cardápio, escolhendo pratos dos diferentes biomas sugeridos. São três opções sugeridas: couvert + 2 pratos (180,00), couvert + 3 pratos (R$ 180,00) e couvert + 4 pratos (R$ 210,00). Não tenho o valor das bebidas pois a informação não estava disponível no menu. Fiquem atentos ao pedir a sobremesa pois ela conta como prato.

Minha experiência no Grand Mercure Rio de Janeiro foi muito positiva. Equipe prestativa e atenciosa, desde a recepção ao serviço de quarto. O hotel é bem grande, arejado, iluminado e convidativo. Me senti confortável e a vontade durante toda a estada. O jantar foi delicioso e achei uma pena ver a casa vazia em plena sexta-feira. Comida saborosa e bem executada. O valor dos pratos é justo para o conjunto da obra. Voltaria mais vezes, sem dúvida!

Hotel Grand Mercure Rio de Janeiro

Avenida Salvador Allende, 6555 – Barra da Tijuca
Rio de Janeiro – RJ – 22783-127
Reservas: 21 2153-1800 ou [email protected]
Redes Sociais: facebook.com/GrandMercureRiodeJaneiro / @grandmercurerio

Raquel Arellano

Fã de cozinha prática e feita com amor. É apaixonada por maionese, pão com ovo e carne assada. Na cozinha, se aventura pelos doces e salgados, com uma leve queda para os açúcares da vida.

Últimos posts por Raquel Arellano (exibir todos)