Molho de Tomate Caseiro. Receita pra guardar no caderninho. Completíssima em http://gordelicias.biz.
Como Fazer, Molhos

Molho de Tomate Caseiro

Outro dia acordei com desejo de macarronada com molho de tomate bem pedaçudo, sabe? Foi nesse surto que corri pro hortifruti e trouxe 1 quilo de tomate italiano pra casa, já visando um molho bem pedaçudo e básico, porém não menos delicioso e incrível. Lembrei de uma receita da Paolla Carosella, onde ela fazia de modo simpático e apaixonado um molho daqueles encorpados (obviamente não pude provar ou sentir o aroma mas pelas caras que ela fazia, eu já podia imaginar daqui).

Essa receita não é difícil mas tem alguns segredos como deixar a panela esquentar bastante antes de colocar o azeite e refogar primeiro a cebola, depois o alho (juntamente com o tomilho). Parece besteira mas essas dicas fazem com que o molho fique muito mais saboroso. Além disso, o desperdício é quase zero, visto que vai casca, vai semente – só não vai o cabinho porque ele não desmancha por nada nessa vida. Eu já adotei essa receita pra vida e espero que vocês gostem também!

Molho de Tomate Caseiro. Receita pra guardar no caderninho. Completíssima em http://gordelicias.biz.

Molho de Tomate Caseiro

Ingredientes

  • 1 kg de tomates (Carmen, Caqui, Italiano…)
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 4 colheres de sopa de azeite
  • 1 colher de chá de sal
  • 1 ramo de tomilho fresco
  • 1 ramo de manjericão fresco

PS: Para fazer esse molho, vamos precisar de uma panela grande, do tipo caçarola.

Modo de Preparo

1. Deixe os tomates de molho em água filtrada com 2 gotinhas de hidrosteril. Já que vamos fazer esse molho com casca e tudo, é importante que os tomates estejam higienizados, prontos para consumir. Feito isso, retire o miolhinho e corte grosseiramente, caso curta o molho pedaçudo. Não despreze as sementes pois elas também vão para o molho. Reserve.

2. Leve a panela para o fogo (médio) e deixe esquentar. Acrescente o azeite e em seguida a cebola, vigiando para não queimar. Acrescente o tomilho e o alho picado.

3.  Quando a cebola estiver levemente murcha, acrescente o tomate e 1 colher de chá de sal (vai ajudar o tomate a soltar mais água). Reduza o fogo para baixo e tampe a panela (queremos manter o calor cozinhando o molho).

Molho de Tomate Caseiro. Receita pra guardar no caderninho. Completíssima em http://gordelicias.biz.

4. Passados 10 minutos, seu tomate vai ter soltado bastante água. Dependendo do tomate, pode ser que haja mais/menos caldo – caso não esteja mais pra líquido, acrescente um pouco de água filtrada para deixar a seu gosto. Prove e corrija o sal se necessário.

5. Após mais ou menos 15 – 20 minutos, o molho estará praticamente pronto. Apague o fogo e acrescente folhinhas de manjericão fresco para finalizar.

Molho de Tomate Caseiro. Receita pra guardar no caderninho. Completíssima em http://gordelicias.biz.

Se você não curtir o molho pedaçudo, pode passá-lo no processador ou mixer. Esse molho pode ser congelado em pote hermético por ate 3 meses.

Rendimento: aproximadamente 500 gramas de molho.

Raquel Arellano

Fã de cozinha prática e feita com amor. É apaixonada por maionese, pão com ovo e carne assada. Na cozinha, se aventura pelos doces e salgados, com uma leve queda para os açúcares da vida.
  • Patricia

    adorei a dica! aqui em casa estamos cortando conservas, molhos prontos, sal, açucar, tudo que faz mal, então adorei a ideia de fazer o molho e congelar. uma dica que dou é não colocar o sal, assim poderá colocar na receita ao cozinhar e dosar de acordo com os ingredientes que vai usar, eu por exemplo se uso muita cebola, pimenta e temperos reduzo muito o sal, e se uso bacon ou azeitonas por exemplo não coloco sal, uma vez que esses itens já tem o sabor bem forte. <3

    • Oi, Patricia! Que bom que gostou do post! A dica em relação ao sal é ótima quando a gente prepara molho base, de fato é melhor deixá-lo o menos salgado/temperado possível, pra que não “bata de frente” com outros ingredientes que venham a fazer parte da receita final.

  • Pingback: Links de Sábado #35 – Indice Feminino()

  • Luciana Marques Porto

    Olá! Adorei a receita! Mas vc disse para reservar os caroços do tomate não explicou como usá-lo depois!
    Beijinhos

    • Oi, Luciana! Na verdade não é pra reservar as sementes e sim para não descartá-las. Você vai cozinhar seu molho com casca e tudo – MENOS com aquele miolinho duro do tomate, que infelizmente não rola de cozinhar porque é muito duro. Espero ter explicado melhor agora.