Bares e Restaurantes, Livros, Novidades

Saiba mais sobre o Guia Michelin RJ & SP

Guia Michelin RJ & SP | Gordelícias

Há algumas semanas, foi lançado aqui no Brasil (mais precisamente Rio de Janeiro e São Paulo) o famoso Guia Michelin 2015 Hotéis & Restaurantes. Desde que comecei a escrever um blog focado em gastronomia, tinha ouvido falar em “restaurantes Michelin” e no começo não fazia ideia do que significava – isso não é vergonha alguma, visto que ninguém nasceu sabendo. Acredito que seja a dúvida de muita gente, inclusive.

Minha curiosidade me fez pesquisar sobre o assunto e descobri que a famosa marca de pneus francesa (a do bonequinho “puff”) fazia uma espécie de avaliação em busca dos melhores hotéis e restaurantes no mundo. Em 1900, quando os automóveis ainda eram poucos e precários, o Guia Michelin surgiu como um manual de bolso com dicas de mecânica e informações de viagem, produzido pela fabricante de pneus de mesmo nome. Nas décadas seguintes, se tornou referência em hotelaria e recomendações gastronômicas, avaliando restaurantes anonimamente e premiando os melhores de cada destino com uma, duas e três estrelas. De acordo com a Wikipedia:

Guia Michelin é um guia turístico publicado pela primeira vez em 1900 por André Michelin, um industrial francês fundador da Compagnie Générale des Établissements Michelin, fabricante de pneus mais conhecida como Michelin. O objetivo de André era o de promover o turismo para o crescente mercado automobilístico.

Pela primeira vez em toda a sua história, o famoso dedicou uma edição exclusiva a um país da América Latina. O “nosso” guia foi lançado oficialmente no Museu Brasileiro da Escultura, em São Paulo, em 8 de abril. Estive na festa que rolou aqui no Rio, logo no dia seguinte, no belíssimo Palácio Guanabara. Vi de pertinho alguns dos premiados mas confesso que fiquei com vergonha de tietar.

Guia Michelin RJ & SP | Gordelícias

Guia Michelin RJ & SP | Gordelícias

Mas, quais são os quesitos usados pela equipe de avaliadores do guia para conceder o prêmio aos estabelecimentos? São eles: qualidade dos ingredientes, o ponto de cozimento e a harmonia dos sabores, a personalidade da cozinha, a relação qualidade/preço e, por fim, a regularidade do desempenho da equipe – no conjunto da refeição e ao longo do tempo.

A edição bilíngue (português e inglês) traz em suas 304 páginas apenas 43 hotéis e 145 restaurantes nas duas cidades. O Michelin deu estrelas a 17 restaurantes, seis no Rio e onze em São Paulo. O que recebeu a melhor avaliação foi o paulistano D.O.M., comandado pelo top chef Alex Atala (único dos brazucas a receber duas estrelas). Outros dez restaurantes em São Paulo e seis no Rio de Janeiro ganharam uma estrela (“Cozinha muito boa em sua categoria”). Entre eles, o Maní, de Helena Rizzo e Daniel Redondo, o Jun Sakamoto, o Olympique e o Roberta Sudbrack. Além disso, 25 estabelecimentos foram citados na categoria Bib Gourmand, de “boa comida  com preços moderados”.

:: a lista completa dos restaurantes você encontra aqui ::

O guia está disponível nas principais livrarias e lojas online pelo valor de R$ 80,00.

Guia Michelin RJ & SP | Gordelícias

Raquel Arellano

Fã de cozinha prática e feita com amor. É apaixonada por maionese, pão com ovo e carne assada. Na cozinha, se aventura pelos doces e salgados, com uma leve queda para os açúcares da vida.