Carnes, Molhos

Massa ao Molho de Filé Mignon e Gorgonzola

Massa ao Molho de Filé Mignon e Gorgonzola | Gordelícias

Eu estava guardando uma peça de filé mignon para fazer um aperitivo. Lembrei de um que eu sempre como aqui na Ilha, que vem em um creme delicioso de gorgonzola. Como acabei tendo esse pensamento guloso bem na hora do almoço, pensei “por que não jogar esse filé cremoso sobre uma massa gostosa?”. Adivinha o que eu fiz? 🙂

Se quiser servir o filé com massa, é só cozinhar o macarrão de sua preferência. Para degustar o prato como aperitivo, basta preparar umas torradinhas e pronto. Garanto que vai ser SUCESSO na sua cozinha!

Massa ao Molho de Filé Mignon e Gorgonzola

.

Ingredientes

  • 400 g de macarrão de sua preferência (usei talharim, acredito que massas “compridas” ornem mais nesse prato)
  • 500 g de filé mignon cortado em tirinhas
  • 200 g de queijo gorgonzola
  • 1 caixinha de creme de leite
  • 1/2 cebola picada
  • 1 dente de alho picadinho
  • 2 colheres de sopa de shoyu
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de Preparo

1. Primeiramente, vamos cortar a peça de filé mignon em tirinhas. Eu gosto muito desse corte pra molhos porque fica mais gostoso, acho que o molho “abraça” mais a carne. Feito isso, vamos reservar.

2. Em uma frigideira grande, vamos refogar a cebola e o alho na manteiga. Não deixei queimar! Feito isso, acrescente a carne e o shoyu. DICA: gosto de frigideira grande porque você consegue dourar a carne sem que fiquem trepadas umas nas outras e cozinhem por igual. É importante que você esteja com o fogo médio pra alto pois não queremos que forme caldo e “cozinhe”. A gente quer um filé macio.

3. Na frigideira ou panela onde você preparou a carne, acrescente o creme de leite e o gorgonzola. Em fogo baixo, pois não queremos queimá-lo. Cozinhe até encorpar.

4. Por último, acrescente a carne ao molho e experimente e finalize com sal e pimenta do reino a gosto. Lembre-se de que você já usou shoyu na carne e não queremos salgar a comida, certo? DICA: tem gente que pergunta “como sei que tá bom de sal”? É muito pessoal essa pergunta, certo? Tem gente que gosta mais/menos salgado e nem sempre conseguimos passar uma medida exata. Mas nessa receita, eu acrescentaria 1/2 colher de chá de sal extra. É o suficiente.

.

Rendimento: duas porções fartas

Tempo de preparo: 1 hora

Raquel Arellano

Fã de cozinha prática e feita com amor. É apaixonada por maionese, pão com ovo e carne assada. Na cozinha, se aventura pelos doces e salgados, com uma leve queda para os açúcares da vida.

Últimos posts por Raquel Arellano (exibir todos)

  • Tamy Daniol

    Gostaria de saber se posso substituir o queijo por outro? E qual me sugere?Obrigado e o prato está lindo!

    • Oi, Tamy! O ideal é usar o gorgonzola porque ele encaixa perfeitamente com a carne. Se não tiver o queijo por perto, acredito que dê pra fazer com gruyére. É importante que seja um queijo que dissolva no creme.

  • Pingback: O melhor da semana – edição Blog lado B | Amanhã, eu te conto...()

  • Marina Medeiros

    Oi, vc pode me tirar uma dúvida? Quando vc vai colocar o gorgonzola e o creme de leite na frigideira vc tira a carne, deixa a parte e faz o molho e so depois junta a carne novamente? Ou vc joga o gorgonzola e o creme de leite na frigideira com a carne dentro mesmo? Fiquei confusa quando li a receita. Obrigada

    • Oi, Marina!

      Eu retiro a carne da panela/frigideira e faço o molho na panela ainda “suja”, pra pegar aquele refogadinho da carne. No final, junto tudo (na etapa 4 fica mais explicadinho)! 😉

  • Roberta

    Oi gente!
    Fiz essa receita e dou uma dica para quem não gosta de muito sal, não precisa colacar mais sal, pois o queijo é salgadinho, na minha opinião vai ficar muito muito salgado e colocaria mais uma caixa de creme de leite, pois ficou seco o molho.
    Mas é boa a receita.

    • Jura que teu molho ficou seco? Fez em fogo alto? Por aqui rolou de boa 1 caixa. Eu colocaria, no máximo, 1/2 caixa caso a pessoa prefira cremosinho e tal. Sobre o sal, no próprio post eu digo que é beeem a gosto porque já vai o shoyu. Obrigada pelas sugestões, anyways! 🙂