Carnes

Carne Desfiada na Panela de Pressão

Minha mãe anda viciada no programa Comidinhas de Chef, do Felipe Bronze, exibido na GNT. Outro dia, parei pra assistir e até lembrei de uma conversa que a Lu do Cozinhando Para 2 ou 1 puxou outro dia, sobre como Felipe Bronze nesse programa é mil vezes melhor do que no quadro do Fantástico. Não poderia concordar menos.

Mamãe viu essa receita e decidiu que faria pro aniversário do meu marido. Da receita, apenas dois ingredientes considero mais difíceis de serem encontrados: a pimenta dedo-de-moça (acredite, dependendo de onde você mora não é tão fácil assim) e a semente de coentro. De resto, é tudo bem acessível e prático. A receita original se chama “Carne Assada na Panela de Pressão” mas como queremos um ponto “desfiando” adaptei pra  “Carne Desfiada”. Simples e direto. Ah: cuidado pra não viciarem nessa carne. É boa demais!

Carne Desfiada na Panela de Pressão

Receita um tico de nada adaptada do chef Felipe Bronze

Ingredientes

  • 1kg de lagarto redondo
  • 2 cebolas roxas grandes
  • 1 lata de tomate pelado
  • 150ml de vinagre de vinho tinto
  • 50 l de mel
  • 1 pimenta dedo-de-moça
  • 4 dentes de alho
  • 2 colheres de sopa de sal
  • 1 colher de chá de semente de coentro
  • 300 ml de vinho tinto
  • Pimenta-do-reino a gosto
  • Água (o suficiente para cobrir a carne – fique atento ao limite da sua panela de pressão)

Modo de Preparo

1. Acomode a carne numa panela de pressão. Não precisa selar nem nada.

2. Corte a cebola e o tomate grosseiramente e junte à carne na panela. Acrescente os demais ingredientes da receita e finalize com a água filtrada.

3. Depois que a panela começar a apitar, cozinhe em fogo baixo por no mínimo 1 hora. Depois, cozinhe por mais 30 hora sem a pressão, também em fogo baixo. Demora esse tanto mas vale a pena.

Essa carne cai maravilhosamente bem com um pão fresquinho, desses crocantes. Mas se você tiver um ciabatta, dê aquela torradinha marota na frigideira e lambuze uma camada bem gorda de cream cheese. Se sobrar carne, pode usar de molho no macarrão ou então comer com batatas assadas. Nossa, já tô salivando aqui!

Carne Desfiada | Gordelícias

Rendimento: 10 porções.

Raquel Arellano

Fã de cozinha prática e feita com amor. É apaixonada por maionese, pão com ovo e carne assada. Na cozinha, se aventura pelos doces e salgados, com uma leve queda para os açúcares da vida.
  • Corujinha Artesanato

    Hummm!!! Muito bom, hein? Vou fazer aqui em casa também qualquer dia. Valeu pela dica, hackelzz! 😉 bjim

  • Pê.

    Dilíça! Eu garanto! rs

  • Fiquei babando quando ele fez no programa e, depois de ver a sua foto, to quase saindo agora atrás de uma peça de lagarto!

  • Luiza

    Só para confirmar, não vai sal na receita? Quero muito testar!

    • De acordo com a receita original, não vai. Eu nem coloquei sal e ficou perfeita!

  • Sarita

    Boa Tarde, vou fazer hj ainda, parece delicioso, minha duvida ‘e< nao vai sal?

    • Não vai sal! A ideia é que os ingredientes da receita deem o sabor especial pra essa carne! 🙂

  • July

    Sou bem leiga em cozinha, então lá vai, quando está colocando os ingr. Ja esta no fogo? Depois de chiar continua na pressão? E no final fica algum molhinho? Rsrsrs#aperdidanacozinha

    • Oi, July! Eu só acendo o fogo quando a panela de pressão já está devidamente fechada. Ou seja: acomodo todos os ingredientes nela, fecho e acendo o fogo.

      Quando ela começa a chiar, fogo baixo e é a partir daí que você conta o tempo de preparo. Sempre assim com panela de pressão, viu?

      No final fica um caldinho sim! Beeeem delicioso! <3

  • Camila

    Bem legal! Alguma sugestão do que usar para substituir a semente de coentro?

    • Ihhh, Camila! Sem ideias… como é algo bem específico da receita, não sei se há substituto. Mas olha, se fizer sem acredito que não comprometa tanto o resultado final. As sementinhas dão um toque bem delicioso pro molho mas não compromete a carne se fizer sem.

  • Oi, Fernanda!

    Essa receita do Felipe Bronze pedia especificamente lagarto. Mas não vejo problema em fazer com uma peça tipo músculo, que fica ótima quando cozida em panela de pressão.

  • Oi, Danilo!

    Nessa receita do Felipe, a carne vai cozinhar no vinho e na água. Fica muito boa.

    E não posso deixar passar batido: você deve ser traumatizado com algumas mulheres na sua vida… eu conheço várias que fazem carne muito bem. Desculpa o comentário, é porque sou do time que encara a cozinha como algo que independe de gênero.

  • Pingback: Menu semanal para 25 a 31 de agosto | Vida Organizada | Thais Godinho()

  • Carlos

    Fiz hj no almoça de ano novo.
    Fiz alguma adaptações.
    No lugar do MEL usei Rapadura, usei vinagre de arroz, vinho tinto meio seco (chileno), usei um pimenta dedo de moça pequena.
    Depois fiz uma batatas recheadas e o usei como recheio e acrescentei cubos de bacon, queijo parmesão e decorei com cebolete picada.

    Com o restante da carne joguei numa panela com manteiga e azeite e fiz uma farofa que depois passei no processador pra fazer um paçoca.
    Ficou da hora!!!

    • Nossa, que espetáculo! Confesso que já fiz essa receita fazendo algumas adaptações também, é muito versátil, né? E dá pra usar essa carne de várias formas. Gostei da ideia da paçoca! 😉

  • Não precisa, Daniel!

  • Pingback: Carne assada na pressão com vinho | COZINHANDO PARA 2 OU 1()

  • Pingback: 5 receitas deliciosas de carne louca -()

  • JAMAAAAIS! Amei esse comentário, Ludmila! <3

  • Fica com bastante caldo mesmo, Denise. Uma sugestão que eu dou é cozinhar um pouco mais sem a pressão, com a panela destampada. Fogo baixo, sempre. Dá uma secada do líquido e a carne começa a desmanchar, também! 😉

  • FumazZa Negro

    Olá. Eu desfio a carne da seguinte maneira: pressão durante 40 minutos, deixo a pressão acabar naturalmente, tiro toda a água/caldo. Deixo somente a carne na panela, tampo de novo e sacudo durante um minuto. Fica super desfiada. Com frango funciona também, mas aí pode ser só 15 minutos.