Especial Natal, Sem Glúten

Farofa de Alecrim

Mês passado estive em Minas e, sendo vegetariana, acabo tendo opções típicas salgadas a menos… Mas tudo bem. Tudo o que provei de vegetariano foi INCRÍVEL e algumas coisas eu tive que memorizar os sabores pra reproduzir em casa e ter aquela lembrança gustativa delícia que só Minas pode oferecer.

Foi assim com a farofa de alecrim do Restaurante Tamboril, no Inhotim.

Lá em casa sempre tem farofa no Natal. Rola toda uma glorificação do doce com salgado [que eu mesma já faço durante todo o ano], com fios de ovos, pêssegos em calda, passas e cravos em tudo que é comida, e a tal da farofa da minha mãe, que foi de onde puxei a base da receita de hoje. NUNCA tinha feito farofa na vida. Achei melhor pedir as dicas pra mamãe porque ela sabe BEM como fazer.

Farofa de Alecrim. Receitinha completa em http://gordelicias.biz.

Farofa de Alecrim

Ingredientes

  • 500g de farinha de mandioca crua
  • 1 cebola bem grande picadinha
  • 100g de manteiga
  • 2 colheres de sopa de alecrim seco [ou mais]
  • Sal a gosto

Modo de preparo

  1. Doure a cebola na manteiga. Vai demorar um pouco porque estamos usando um monte de manteiga, mas não tire os olhos da panela. Não queremos cebolas pretinhas: queremos as bordinhas delas bem douradas.
  2. Acrescente a farinha aos poucos. Vá mexendo bem em fogo médio pra baixo, pois queremos uma farofa com alguma umidade e o que vai determinar essa umidade é exatamente a proporção manteiga x farinha. Vá com calma.
  3. Acrescente o alecrim e acerte o sal.
  4. No começo, a farinha vai estar branquinha. Durante o processo, ela vai torrar e amorenar um pouquinho. É exatamente o que queremos. Não pare de mexer a farofa pra não queimar demais e amargar.

Farofa de Alecrim. Receitinha completa em http://gordelicias.biz.

A cozinha fica tão perfumada…

Essa farofa vai bem com praticamente tudo [disse aquela que AMA tudo com farinha], incluindo as famosas carnes do Natal. Um gostinho bem diferente, fugindo do tradicional ataque de passas assassinas, né?

Raquel Loback

Especialista em viagens, crafter, propagadora de amor, esmagadora de felinos e cozinheira vegetariana. Ama internet, mas não ama computadores. É do tipo que ainda escreve cartas e sonha em conquistar o mundo.

Últimos posts por Raquel Loback (exibir todos)