Conversinhas, Gordelícias Indica

Movimento Vá Pra Feira

Criado em 2011, o Movimento Vá Pra Feira nasceu com um objetivo mais do que especial. Além de levar pessoas às feiras livres de São Paulo – que tem diminuído de tamanho segundo dados levantados pelos organizadores do movimento – querem também melhorar as relações humanas na sociedade. Isso tudo por trás de um viés filosófico muito bacana, que mostra que a feira é feita de alimentos mas principalmente, de pessoas.

Seja pra conseguir um descontinho naquele abacaxi, ou provar um naco de melancia fresquinho… A feira é viva e em constante movimento. Há anos vou a uma feira livre no meu bairro e só não estou lá todo sábado porque fica longe da minha casa. Mas é aquela coisa, toda vez que vou já dou “bom dia” pro rapaz do pastel + caldo de cana e vejo as mesmas carinhas de sempre circulando por lá. Isso não é uma delícia? Esse carinho que nasce do contato semanal com quem está ali fazendo o seu trabalho (e que trabalho, tão bonito)?

Movimento Vá Pra Feira

Eu tenho uma paixão por feiras e por quem faz a feira. O trabalhador que chega ali enquanto a gente dorme ou volta da noitada. E monta sua barraca com tanto zelo, arrumando as frutas e legumes de forma atrativa, pra encantar o consumidor. E muito desse encanto vem no gogó, na criatividade do feirante em convidar aos que passam a provar uma tangerina e quem sabe levar uma caixinha?

A galera do Vá Pra Feira teve o maior cuidado em montar um site super explicadinho, que conta um pouco da história das feiras livres no Brasil, por meio de ilustrações e de forma simplificada. Você conhece os tipos de barracas, as formas de venda e os tipos de produtos que podem ser comercializados nas barraquinhas. Muito bacana!

Vale a pena assistir ao vídeo onde eles explicam um pouco mais a essência do movimento Vá Pra Feira. Por que vale a pena levantar bandeira por essa causa:

Achei o projeto muito interessante, explicativo e com um objetivo ímpar! Nós engrossamos o coro aqui: VÁ PRA FEIRA!!!

Para os moradores de São Paulo, há no site um mapa com as feiras livres da cidade.

Acompanhe o blog do movimento aqui.

Ilustrações: Vá Pra Feira.

Raquel Arellano

Fã de cozinha prática e feita com amor. É apaixonada por maionese, pão com ovo e carne assada. Na cozinha, se aventura pelos doces e salgados, com uma leve queda para os açúcares da vida.
  • Adorei! Sou fã de fazer compras na feira, se for a de produtos orgânicos então, melhor ainda!