Gordelícias

Dose diária de delícias

Comidinhas do Mundo, Como Fazer, Molhos

Como fazer: Molho Chimichurri

Por 20 Comentários

Muita gente diz que o melhor churrasco do mundo é o argentino. Aliás, é uma briga danada: uma parte diz que é o argentino, a outra diz que é o uruguaio e ainda tem quem diga que o melhor churrasco é o gaúcho. Disputas à parte, tanto o churrasco argentino quanto o uruguaio são maravilhosos.

Os cortes recebem nomes engraçados e pode até ser meio confuso no começo associar os nomes em espanhol aos nossos em português. Cadê a picanha? E o contra-filé? São chamados de outro jeito nas bandas de lá. Mas o que chama atenção mesmo não são os nomes dos cortes mas o tempero das carnes.

Como fazemos os churrascos no Brasil? Deixamos a peça de carne no sal grosso e taca no espeto, certo? Pois saiba que na Argentina e no Uruguai, a carne não leva tempero algum. Ela assa apenas com a própria gordura, quando a peça tem gordura. E ainda assim, meu Deus do céu, que sabor! Bendito seja o boi que morreu pra nos alimentar!

Apesar de não levar nenhum tempero durante o preparo, ao servir a carne é servido também um molho muito saboroso, feito com orégano, alho, pimenta e outras especiarias. Estamos falando do chimichurri, muito prazer!

O molho acompanha a carne e pode ser saboreado com pães, entrada muito abundante nas parrillas dos companheiros de continente. Aliás, muitas vezes, por mais que você recuse a cestinha de pão que o garçom oferece, quando a conta chega… TCHARAM, lá tá o pão sendo cobrado e tal. Portanto, coma (mas coma com moderação, pra sobrar estômago pra um delicioso e suculento ojo de bife).

Esse post faz parte da coluna Comidinhas do Mundo. Além desse, compartilharei muito mais ao longo das próximas semanas. Vocês vão ver muita carne e doces por aqui. Mas hoje a gente vai ensinar uma receitinha pra vocês. Aprendam a fazer o chimichurri, um molho indispensável na mesa do argentino e do uruguaio, acompanhando parrilladas ou uma cesta de pães fresquinhos.

Molho Chimichurri

Há duas maneiras de fazer o seu molho. Você pode comprar um saquinho que já vem com a mistura dos temperos (aproveitei minha estada no Uruguai e comprei um pote bem grande, pra render bastante - mas você encontra em hortifrutis e supermercados no Brasil também) ou então misturar os ingredientes separadamente. Tudo muito acessível.

10 g de salsinha desidratada
10 g de alho e cebola desidratados
5 g de pimenta malagueta desidratada e outras pimentas à gosto (calabresa, pimenta do reino…)
300 ml de azeite
150 ml de vinagre de vinho branco
5 g de cebolinha desidratada
5 g de louro picado
5 g de orégano desidratado

Modo de Preparo

Misture todos os ingredientes em uma tigela. Quando você perceber que a parte líquida já se misturou bem aos ingredientes secos, é só cobrir o recipiente com plástico e levar à geladeira para descansar. Deixe descansar por pelo menos 48 horas.

O ideal, como acontece com a maioria das conservas, é deixar “pegar sabor” por uns dois dias. Te garanto que a espera compensa o sabor delicioso desse molho.

Compartilhe
Raquel Arellano

Fã de cozinha prática e feita com amor. É apaixonada por maionese (caseira), pão com ovo e carne assada. Mas gosta mesmo é de fazer docinhos: brownies, bolos e afins, inspirada pela avó Maroca.

Comentários
  • http://primeiramentebomdia.wordpress.com Mariana Apocalypse

    Outro dia, tava vendo um “Top Chef” em que o desafio era fazer um prato inspirado num determinado país.

    O cara que pegou Brasil fez alguma coisa que levava esse molho Chimichurri (acho que era carne de porco). Agora vc me imagina berrando na sala de casa “MAS NEM DO BRASIL ISSO É!!!”.

    Nunca provei, tem cara de ser muito bom!

  • HAMMERMACHINE

    Aqueça um pouco de azeite (apenas para deixá-lo morno) e junte os ingredientes.
    Aguarde esfriar e complete o azeite com a quantidade da receita….

  • Eduardo

    em outra receita (bem simples), a culinarista aconselhou colocar o azeite apenas no momento de servir. Desse modo, o preparo duraria mais tempo na geladeira e conservaria os aromas naturais.

    • http://gordelicias.biz Raquel

      Oi, Eduardo! Como esse molho não tem conservantes, o ideal é que o consumo seja feito em 4 – 5 dias no máximo. Conforme o azeite vai “secando”, você pode ir colocando mais.

  • Maria Luisa

    Conheço um argentino e ele disse que o segredo eh fazer com oleo e nao com azeite. Seja oleo de soja, girassol, etc. Alguem ja experimentou assim?? Foi o unico q ja experimentei e estava otimo.

    • http://gordelicias.biz Raquel

      Oi, Maria!

      Nunca experimentei esse molho feito com óleo. Meu amigo uruguaio disse que o pai faz com azeite e foi esse que experimentei. Contato que fique bom, é o que importa pra gente! \o/

  • http://twitter.com/corpsecake Aline Moraes

    Achei a mistura dos temperos já pronta numa lojinha de temperos em Santo Amaro. Vou misturar com o vinagre e o azeite e ver se fica bom. Nham! <3

  • Cassio Murilo

    Todos no meu trabalho falavam sobre este molho, mas este molho nada mais é do que uma variação do nosso vinagrete. Achei que fosse uma grande maravilha, pois não o conhecia pelo nome. Faço um molho parecido a muito tempo, de origem brasileira e bem melhor. Vou chamar o meu de Cassiochurri. Eu faço com vinagre, azeite, 1/2 copo de água, cebola, alho, salsa, cebolinha, orégano, pimenta dedo-de-moça, tomate, tomilho (pouco), pimentão, uma pitada de sal. O segredo é cortar os ingredientes bem miudinhos, tirar as sementes do tomate, pimentão, pimenta e se quiser conservar o molho por pelo menos 15 dias não usar azeite ou óleo. Usar apenas vinagre com água e sal. Experimente saborear o molho sobre as carnes do churrasco com arroz. Bom apetite. Ah, e não use desidratados, pois temos tudo em nossas feiras-livres e in natura são mais saborosos.

    • http://gordelicias.biz Raquel

      Oi, Cassio!

      São molhos bem diferentes. O nosso vinagrete (esse aqui) é bem parecido com a famosa salsa mexicana. Mas o molho servido pelos argentinos e uruguaios não leva tomate nem pimentão.

      Obrigada pela dica anyways! O que importa é agradar aos paladares! :)

  • francisco miranda

    esse molho é tudo de bom uso ele em picanha bovina e picanha suina.vi esse molho sendo feito no top chef e o cara dize que era brasileiro.mas descobri que esse maravilhoso molho é argentino.

  • Alexsandro Carvalho

    Moro em Lima e aqui tem um sabor inconfundível. Estou buscando essa receita. É bem diferente e bastante consistente.

  • Leandro Belarmino

    Comprei tanto o molho pronto quanto só os ingredientes em uma viagem que fiz para a Argentina na semana passada, confesso que o pronto tem um gosto um tanto quanto forte e é melhor para acompanhar carnes. Com os ingredientes preparei um molho mais leve para massas em geral, ficou muito bom. Aliás, Argentina e a sua culinária em geral é excelente, queijos, carnes, azeites, a infinidade de azeitonas… Ai aii já sinto falta da feirinha de rua de lá haha.

  • Ugler

    Ola, Gostei da dica!!

    vou abrir um comercio p/ vender frango assado aos finais de smn e estou procurando um tempero que possa provocar o paladar do cliente!!! Você recomendaria o uso desse tempero para essa finalidade?? Pensei em acrescentar um pouco de vinho tinto branco seco??? E com o acréscimo do vinho seria necessário excluir/trocar algum ingrediente do chimichurri?? E para que o tempero pudesse penetrar bem a carne do frango pensei em fazer pequenos furos na carne e deixar marinando de um dia para o outro…seria ideal??

    • http://sempickles.com/maionese Raquel Arellano

      Oi, Ugler.

      Não sei se o chimichurri ficaria muito forte em um frango assado. Geralmente, opta-se por temperos mais leves. Pode ficar apimentado demais…

      Como não somos especialistas no assunto, vamos ficar te devendo essas infos mais complexas. Acho que vale fazer uma pesquisa com profissionais ou então em livros. Desculpa não poder ajudar! ;/

    • Wilson Pantaneiro

      Caro Ugler, tava passeando na net e vi esse post sobre chimichurri que adoro e posso te responder. Estive recentemente em Buenos Aires e lá, entre asados e parilladas, (asado com um ‘s’ mesmo, em portenho) também provei o ‘pollo’, geralmente coxa e sobre coxa feito na parilla. Fica muito bom com chimichurri sim. Só que o asador me tirou um duvida que ja tinha e ja desconfiava da resposta. Não use o chimichurri para marinar nem para assar ou grelhar (parrilla) junto com a carne. Ele vai penetrar tanto que vai tornar a carne horrível, no caso de marinar, e se assar junto, o fogo vai queimar os temperos deixando um horrivel gosto de queimaddo. O chimichurri serve para o “post-forn”, para servir à mesa, ai cada um dosa o que achar melhor. Por vinho ou trocar algum ingrediente, vai mudar totalmente o sabor e talvez não fique bom, pois se o óregano é famoso por combinar com quase tudo, salsa, algumas pimentas, principalmente a calabresa, pode desandar seu molho. Fica a dica amigão.

      • ugler

        Wilson…. obrigado pela informação….
        mas digo que ferrou td agora!!rsrs pois que tempero vou usar então??!!!rsrs vc teria alguma dica?? quando falo em assado (seria naquelas maquinas de padaria) com tudo isso não ficaria bom?? eu ja estava quase certo desse tempero… inclusive iria comprar ele hoje para fazer as experiência. ja me disseram que se eu deixar marinando, o tempero vai sobrepor o sabor da carne….então pensei em marianar do mesmo jeito só que redizer a quantidade de tempero…. tipo colocar mais viinho ou cerveja….

        não sei, mas ainda me encontro meio perdido….. sou leigo no assunto… se poder me ajudar ficarei grato….

        detalhe: alem do chimichurri, ouvir dizer no chimigaleto… tempero próprio para aves…. estou estudando esse tempero…. vc conhece?? pode me dizer alguma coisa sobre o mesmo??

        obrigado!!

  • LNH

    ótimo molho, mas a carne ficou insossa

  • http://sempickles.com/maionese Raquel Arellano

    Eu costumo fazer porções pequenas, geralmente deixo na geladeira por 2 semanas. O azeite ajuda a conservar.

    • Penny Hofstadter

      Eu faço essa mistura há anos e dá para deixar até 1 mês tranquilamente na geladeira.

  • http://sempickles.com/maionese Raquel Arellano

    Obrigada pela dica, Debora. No entanto não uso vinagre no molho chimichurri.