Especial Natal, Receitas

Risoto de Brie com Tomates Secos

Aqui em casa a gente sempre prepra um almocinho gostoso, enquanto o peru vai assando e as rabanadas ficam prontinhas.

Minha mãe preparou um bacalhau cozido com legumes. Eu não estava muito afim de comê-lo e preparei um risoto de brie com tomates secos. Detalhe: não era qualquer tomate seco, eram os tomatinhos feitos pelo pai da minha querida amiga Mariana, esses daqui – a gente já falou no Gordelícias dos Tomates Secos Basílio e, MEU DEUS, são os melhores do mundo.

A receita eu encontrei em um livro da minha mãe e dei uma adaptada. Fica a dica pra acompanhar o peru mais tarde, hein? 🙂

Risoto de Brie com Tomates Secos

Ingredientes

1 xícara de arroz para risoto  (eu utilizei o Tio João Cozinha Italiana);
1 litro de caldo de frango;
1 cebola pequena bem picada;
2 colheres de sopa de manteiga;
1/2 xícara de vinho branco seco;
100g de queijo brie picado;
4 tomates secos picadinhos;
Pimenta do reino à gosto;

Modo de preparo

Em uma panela média, acrescente 2 colheres de manteiga. Deixe derreter, sem queimar. Jogue a cebola picadinha e vá dourando, até que a cebola murche (ficando transparente). Adicione a xícara de arroz (sem lavar, please) e vá mexendo, até que ele comece a fritar um pouquinho.

Adicione ao arroz refogado a 1/2 xícara de vinho branco seco. Assim que evaporar, despeje 150 ml do caldo de galinha, sempre mexendo o arroz. Ao perceber que o caldo está secando, adicione mais 150 ml do caldo, repetindo o processo por pelo menos 250 minutos. Vá provando, pra checar se o arroz cozinhou. Vale lembrar que o arroz italiano é um pouco mais durinho então não espere por uma textura como a do arroz comum!

Passados os 25 minutos, junte o queijo brie picadinho e continue mexendo, por aproximadamente 5 minutos. Adicione pimenta do reino raladinha e o tomate seco picado, incorpore os ingredientes ao arroz e tá pronto!

O risoto fica BEM cremoso, uma delícia!

DICAS

1 – quando for dourar a cebola, deixe em fogo baixo. Vai fazer com que sua cebola fique murcha e não queime.

2 – fogo alto assim que você colocar o vinho na panela. Daí por diante, só fogo alto.

3 – para essa quantidade de arroz, utilizei aproximadamente 750 ml de caldo. Se você perceber que o caldo está secando muito rápido e ainda não deu tempo de cozinhar o arroz, vá adicionando mais caldo aos poucos, sempre de olho.

4 – se quiser, pode trocar o tomate seco por presunto de parma.

5 – não adicionei sal na receita porque o caldo de galinha já é super salgado. Para fazer 1 litro, utilize dois cubinhos.

Raquel Arellano

Raquel Arellano

Fã de cozinha prática e feita com amor. É apaixonada por maionese, pão com ovo e carne assada. Na cozinha, se aventura pelos doces e salgados, com uma leve queda para os açúcares da vida.
Raquel Arellano