Lanchonete da Cidade. Resenha em http://gordelicias.biz.
Bares e Restaurantes, Gordelícias Indica

Lanchonete da Cidade – São Paulo/SP

Esse post demorou pra sair. E eu diria que no dia mundial da dieta – segunda-feira – não vai ser fácil, dileto(a) leitor(a) navegar pelo blog. Bem, normalmente não é, visto que a gente só posta gostosuras por aqui. Mas especialmente HOJE, o Gordelícias vai te fazer desejar pelo menos uma das comidas apresentadas no post.

Hoje tem “resenha” aqui no Gords (entre aspas porque não provei todos os sanduíches) de um dos lugares mais bacanas de São Paulo: a Lanchonete da Cidade.

Era uma sexta-feira à noite, após evento em SP. A carioca aqui ama a terra da garoa e mesmo com o tempo corrido aproveitou algumas horinhas para encher o estômago em grande estilo. Já tinha visto muitos amigos no Twitter comentando sobre os hambúrgueres da casa e, em especial de uma batata rústica que era essencial na vida de um ser humano. Fiquei apreensiva quanto a me decepcionar, visto que as expectativa era alta (e a fome, grande).

Ao chegar lá, achei tudo lindo, vintage, cool. Decoração com direito a jogos dos anos 80 – tinha um Pense Bem na parede – e muitas referências aos anos 50/60. De cara, já estava amando aquele lugar.

Menu de gostosuras

Com o menu em mãos, tive dificuldade em escolher o que comer. Isso porque sou a_indecisão na hora de escolher um prato. Queria comer algo diferente, algo que não encontraria com facilidade no Rio. Recorri às amigas na mesa pra decidir o prato principal e até às dicas do Foursquare (costumo fazer bastante isso, por sinal). Acabei tomando um refri e escolhi o sanduíche Tropicália (mas depois eu conto isso). Mas, antes do rango, um choppinho de leve, afinal era sexta-feira (FUN FUN FUN).

Vai um chopp geladinho?

Depois do choppinho, fomos às farras com a batata rústica. Essa aí da foto abaixo. Ela vem com bastante alecrim e dentes de alho assado, que você espreme e come do jeito que tá. Eu comi vários dentes purinhos, sem batata, de tão apaixonada que fiquei. Nunca imaginei que ia comer alho desse jeito e só tenho uma coisa pra falar pra vocês: comam a batata rústica, PELOAMORDEDEUS!

Vai uma porção de batatas rústicas aí? Com MUUUITO alho e alecrim!

Uma porção não foi suficiente pra seis mulheres esfomeadas e pedimos mais uma enquanto o prato principal não vinha. Vocês devem estar se perguntando “mas gente, é só uma batata”  quando na verdade, não é. É uma combinação de sabores na medida certa: crocante, sequinha e temperada. Sem falar que esse alho assadinho é de comer chorando. Mas enfim, logo depois chegaram os pratos principais… Vamos sofrer?

Misto Quente Tradicional

Thaís estava sem fome e pediu um sandubinha leve. O escolhido foi esse misto quente tradicional que vinha assim, tostadinho, no pão de miga.

Tropicália

Ahhhh o Tropicália… Noventa por cento das dicas do Foursquare falavam desse sanduíche (mas só vi depois que já tinha optado por ele, na escolha da “janta do dia”). Um hambúrguer com fatias de linguiça, cebola dourada no molho, queijo provolone e maionese da casa. Não dá pra descrever o sabor da carne do hambúrguer de tão delicioso que é. Uma delícia sem fim (e eu aqui com a barriga roncando já).

Manhattan

Um hambúrguer básico: queijo derretido e cebolas + pickles à parte. Como eu odeio pickles e cebola crua… Passei. Mas uma das meninas elogiou muito o sabor do mesmo.

Amarelinho

Um hambúrguer com ovo frito, gente. E queijo Palmyra. Confesso que se eu não tivesse pedido o Tropicália, essa seria a minha escolha.

Cooper Burguer (uma espécie de Cheddar McMelt melhorado)

Isso mesmo. A versão da lanchonete mais bonita da cidade pro Cheddar McMelt. Um desbunde que já coloquei na minha “wishlist” pra quando der uma passadinha nesse reduto de gordelícias paulista.

Onde fica:

Alameda Tietê, 110

Jardim Paulista, São Paulo/SP

Mas tem também filial em Moema. Mapas aqui.

Horário de funcionamento:

Domingo à quinta: 12h a 1h

Sextas e sábados: 12h a 3h

Ainda rola um delivery pra quem mora nos arredores. Invejo todos vocês, lucky bastards.

Raquel Arellano

Raquel Arellano

Fã de cozinha prática e feita com amor. É apaixonada por maionese, pão com ovo e carne assada. Na cozinha, se aventura pelos doces e salgados, com uma leve queda para os açúcares da vida.
Raquel Arellano